contato@conectadoscomdeus.net        0800 222 1515

Blog

O que é o amor? Descubra o que a Bíblia fala sobre isso.

Categoria: Conectados com Deus

Veja aqui o que a bíblia fala sobre esse sentimento tão procurado!

Em um mundo onde há inúmeras catástrofes, intolerância, brigas, tribulações, entre outros problemas, muitos se perguntam se o amor existe, se é possível amar, como amar verdadeiramente? Mas o que é de fato amor?
De acordo com o dicionário Aurélio, amor significa afeição por alguém ou alguma coisa, podendo ser amor ao próximo ou a Deus, também pode ser sentimento apaixonado por outra pessoa, pode ser ditada por leis da natureza, como acontece entre mães e filhos, pode se relacionar também a sentimento de adoração.
Como podemos ver, existem várias definições para o amor, mas qual a concepção bíblica a respeito do amor? Continue lendo e descubra mais!

1 - O amor descrito na Bíblia
A Bíblia fala em 1 Coríntios 13:4-7 que o amor é paciente, bondoso, se alegra com a verdade, é tolerante, crê, espera e suporta todas as coisas, também fala que ele não arde em ciúmes, não se orgulha, não é soberbo, não é indecente, não é egoísta, não se irrita, nem é desconfiado, e não se alegra na injustiça.

Em Romanos 12:9 diz que o amor não é hipócrita. Em 1 João 4:18 diz que o amor lança fora o medo, no mesmo capítulo no versículo 8 fala que quem não ama é porque não conhece a Deus, pois Deus é amor. Em Mateus 6:3 narra que amar é fazer o bem sem esperar ser elogiado por isso. Amar é fazer o bem (Gálatas 6:9; Romanos 12:21; 2 Tessalonicenses 3:13).

Amor possui 4 significados no grego: Eros (ἔρως) – amor romântico; Philos (φιλία) – amizade, companheirismo, amor entre irmãos e amigos; Ágape (αγαπαω) – amor divino, incondicional, amor ao próximo, auto sacrifício; Storge (στοργή) – afeição, afinidade pela família. Vamos entender um pouco mais sobre essas definições na Bíblia.

2 - Amor à Deus - Ágape
“Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor.” I João 4:8
A Bíblia descreve Deus como o fundamento do amor, o originador do amor, sem Ele não existiria amor, sem ele é impossível amar.

“E nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem por nós. Deus é amor, e aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus, nele.” I João 4:16

A Bíblia também nos diz que quem permanece em Deus, e Deus nele, permanece no amor, logo, para continuar sendo capaz de amar precisamos permanecer firmes em Deus.

Como a definição de Ágape descreve o amor, este se auto sacrifica pelos seus amados, assim como Deus fez por todos nós, deu sua vida para que nós pudéssemos ter a vida eterna.

O amor é o resumo da lei, isto está escrito em Mateus 22:37-40 em que Jesus resume os mandamentos em dois, amor a Deus e amor ao próximo, e esses compreendem todos os 10 mandamentos.

Portanto, amar a Deus significa guardar seus mandamentos.

3 - Amor ao próximo – Philos
O segundo grande mandamento de Mateus 22:37-40 é o amor ao próximo, e isso se confirma com a passagem de 1 João 2:7,8 em que diz que devemos amar uns aos outros, mas não devemos nos esquecer, que quando Deus nos manda amar ao próximo não se refere só aos que estão ligados a nós por amizade ou afeto, devemos amar como Deus amou (João 15:12), amar quem não conhecemos, até mesmo os inimigos (Mateus 5:43,44).

O amor perdoa os pecados, logo, devemos amar a ponto de perdoar tudo que for feito contra nós (1 Pedro 4:8), nunca jamais odiar e sim dar a vida pelo próximo (1 João 3:15,16) e também devemos ser hospitaleiros (Hebreus 13:1-3).
Como podemos ver, amor ao próximo é de extrema importância e devemos amar corretamente.

4 - Amor na família – Storge
O amor para a família é transmitido através dos mandamentos também, no quinto mandamento nos diz para honrar o pai e a mãe para os dias na terra se prolongarem (Êxodo 20:12), o amor envolve o ato de que os filhos obedeçam seus pais (Efésios 6:1,2), os pais devem amar seus filhos buscando não os irar (Efésios 6:4), amar é educar, estar presente, conversar (Deuteronômio 6:6-7), é saber ouvir (Provérbios 1:8,9), saber retribuir (1 Timóteo 5:4), cuidar (1 Timóteo 5:8), ser bondoso, perdoar (Efésios 4:32).

O amor envolve sacrifícios, persistência em fazer o que é correto; amor mútuo, cuidado e carinho.

5 - Amor no casamento – Eros
O amor no casamento foi o segundo amor instituído no mundo, ele envolve que as duas pessoas se unam em um só pensamento e propósito, que ninguém pode separar (Marcos 10:6-9), é uma recompensa de Deus, uma bênção para a vida humana (Eclesiastes 9:9), o esposo deve amar sua esposa como Cristo amou a igreja, a ponto de dar sua vida por ela, e a mulher deve respeitar seu marido (Efésios 5:28,29,33). O amor não é infiel (Malaquias 2:15) e faz o coração bater mais rápido (Cânticos 4:9).

O amor não é egoísta, se importa com a felicidade do outro, se dedica a uma só pessoa, vai além da atração física, ama apesar dos defeitos, nada pode acabá-lo (Cânticos dos Cânticos 8:7). Deus nos manda fazer tudo com amor (1 Coríntios 16:14) e que nos revistamos do amor, pois este é perfeito (Colossenses 3:14).

E para abordar mais desse tão importante assunto, o amor no casamento segundo a Bíblia, nossa equipe preparou um conteúdo mais que especial para você: o curso “Intimidade no Casamento”. Nele você terá a oportunidade de conhecer mais sobre os principais envolvimentos familiares, casal e criação de filhos. São no total 6 maravilhosas lições que abrangem os temas: O propósito do casamento, Intimidade intelectual, Intimidade social, Intimidade emocional, Intimidade Espiritual e Intimidade Física.
Para se inscrever é muito fácil, clique no banner no fim da página e se você já for aluno é só clicar em “Me inscrever”, mas caso ainda não seja aluno se matricule já e tenha acesso a esse curso e vários outros, tudo totalmente gratuito.
Aprenda mais com nosso curso “Intimidade no Casamento” e torne seu casamento ainda mais feliz, aprenda a desenvolver plenamente o Amor em sua vida!  

Tags: Bíblia, Amor,